Uma História Para Ser Contada – de Myrtes Mathias

Dolorosamente só, Ele sobe o Calvário,
Levando nos ombros o peso do mundo e no corpo ferido a tragédia da humanidade.
Onde estão os amigos que prometeram segui-lO até o fim?
Onde está a glória que partilhava com o Pai antes de Nascer?
A expectativa do abandono total leva-O a tombar sob a cruz de madeira
Que os homens podem ver, pequena e insignificante,
Diante daquela outra que Ele leva no coração.
Um pouco mais, e Ele clamará: “Eloí, Eloí, Lama Sabactâni!”
E o céu continuará mudo e pesado como um teto de chumbo.
Quando sua cabeça pender sobre o peito, os espinhos da irônica coroa
Ferindo uma carne que já não sente,
O véu do templo, e do coração dos homens, se rasgará,
Para que haja o reencontro entre os homens e Deus.
Quando sua alma sofrida deixar por um pouco de tempo
O seu ferido corpo de homem, os túmulos se abrirão, para que saiam os mortos,
E os céus, para receber todo aquele que O invocar.

Essa História de amor e de entrega a todo mundo precisa ser contada:
Aos ricos, que vivem nas mansões,
Aos pobres, que sofrem nos sertões,
Aos peregrinos, que vagueiam pela estrada.

Àqueles que estão nas selvas
Em choças de palha e barro,
Àqueles que estão nas celas
Ou que a doença isolou.

Aos que estão sendo levados
Para o abismo e para a morte
Porque a História que redime
Nenhum salvo lhe contou.

Tua indiferença diante deste quadro,
Levará milhões a se perderem;
Só se salvarão se O invocarem,
Só O invocarão se O conhecerem,
Só conhecerão quando contares
A bendita História da esperança
Que traz a certeza ao coração do homem
E faz nascer um hino nos lábios da criança.

Mas, se isto não basta, olha para cima,
Ouve a voz do alto, que apela assim:
“Morri, morri na cruz por ti.
Que fazes tu por Mim?”.

Responde:
Eis aqui meus bens e minha vida,
Transforma-os, senhor meu, em um raio de luz
Que ilumine o meu povo, o povo brasileiro,
Fazendo com que a terra do cruzeiro
Se torne reino dAquele que morreu na cruz.

Anúncios

2 Respostas

  1. simone

    Linda essas poesias. Por favor me envia essa de Mario Barreto França : Morrerei esta Noite.
    Que o Senhor abençoe.
    Abraços fraternal.

    4 de março de 2012 às 21:21

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s