Mario Persona

(Falando sobre palestras e palestrantes)

Uma mesma palestra para dois públicos diferentes nunca é a mesma coisa. Durante a palestra vou acompanhando as reações, olhares, sorrisos, expressões ou ruídos na platéia, e é isto que irá determinar como serão os minutos seguintes. O rumo nunca é o mesmo. É como velejar. O veleiro é o mesmo, o mar é o mesmo, mas os ventos mudam. É preciso saber identificar para onde estão soprando e ir ajeitando as velas para aproveitá-los ao máximo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s