Tua marca em mim – de Myrthes Mathias

“Que bom descobrir, Senhor,
que esta cicatriz é Tua marca em mim.

Depois de tantos anos de amargura,
finalmente, posso agradecer-Te
por me teres feito exatamente assim.

Por ter sido formada
fora dos padrões que o mundo aprova
tive que abrir com esforço o meu caminho:
como uma planta que nasce entre pedras,
ou semente que cai entre espinhos.

Como a ostra faz com a sua ferida,
darei à minha vida
uma nova significação:
não podendo ser mensagem para
os olhos do próximo
falar-lhe-ei diretamente ao coração.

E o farei como de irmão pra irmão
a todos àqueles que é infeliz:
– Compreendo tua desilusão,
eu também tenho a minha cicatriz.

Também vaguei pela estrada da vida
para o meu problema procurando um fim;
até descobrir que o que me atormentava
era a marca de propriedade
que Deus havia colocado em mim.

Por isso quero que digas comigo
Aquela quase impossível oração:
– Obrigada, Senhor, pelas minhas fraquezas,
por tudo aquilo que me faz sofrer.
Transforma numa bênção o meu problema,
da minha tragédia tira um poema:
dá-me a graça de reconhecer
que sou apenas parte de um plano
ao qual eu devo me submeter.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s