AGORA, de Myrtes Mathias

Se queres dar-me uma flor
faze-o antes que eu morra.

Se podes, hoje, fazer o milagre
de um sorriso num rosto que chora,
não coloques flores sobre tumbas:
Se queres dar-me uma flor, faze-o agora!

Se podes dar um lar ao orfãozinho,
abrigo ao pobre que geme lá fora,
não encolhas a mão – Deus está vendo.
Se podes dar uma flor, faze-o agora!

Se conheces o eterno caminho
que leva ao templo onde a alegria mora,
não guardes, egoísta, o teu segredo:
Se podes dar-me uma flor, faze-o agora!

Se podes dizer, em uma frase linda
algo que faça a tristeza ir embora,
dize-o enquanto posso agradecer sorrindo:
se podes dar-me uma flor, faze-o agora!

Que farei eu, das orações, das flores,
quando do mundo já não mais eu for?
Aos pés de Deus eu as terei tão lindas
que não precisarei do teu amor!

Não esperes o instante da partida:
se queres me fazer feliz, faze-me agora!
Para que chorar de remorso e de saudade?
Custa tão pouco a felicidade…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s