Medo da Dor. A Dor que traz medos.

Entre as doenças modernas que afligem a humanidade está o medo. Estudos mostram os mais esquisitos tipos de fobias.

– Medo de altura, de luz, de animais, medo de contato com a terra, medo de dormir, medo de falar em publico e até medo de sentir dor (dor tanto pode ser no sentido físico como emocional, o sofrimento).

O medo é um espírito: “Porque Deus não nos deu o espírito de medo, mas de poder, de amor e de moderação” (2 Tim 1.7). Nenhum medo vem de Deus. O medo vem do inferno.

É certo que temos um temor natural, que nos preserva. O receio de passar por um lugar perigoso, à noite, nos leva a ter prudência. A preocupação é causada por uma circunstância.

Diferentemente, o medroso não é razoável, e dificilmente alguém consegue convencê-lo de que o que ele teme não vai acontecer: “Porque aquilo que temo me sobrevêm, e o que receio me acontece” (Jó 3.25).

Desde a minha infância o inimigo trabalhou este espírito de medo na minha vida. Era medo do escuro, de fantasmas, de cair, medo de falar em público e talvez outros que nem me recordo. Paulatinamente o Senhor foi me ajudando a vencer estes primeiros temores infantis. Na adolescência começaram os medos de passar por passarela, medo de dirigir e medo de sentir dor. O medo da dor era tanto que eu sempre levava na minha bolsa um analgésico em gotas. Qualquer sinal de uma dor de cabeça, mesmo sem água eu usava as gotinhas “milagrosas”.

Como meu Senhor não me deu espírito de medo, em minhas orações clamava para vencê-los. Assim, meu Jesus me fez vencer o medo de passarela e de dirigir. Estes são outros testemunhos do que Deus pode fazer que eu posso contar em um outro momento. Contudo, o medo da dor persistia.

Nos anos de 2005 e 2006 eu passei por grandes lutas de ataque do inimigo na minha família e também com a minha saúde. Um dos meus problemas estava no útero que provocava hemorragias que duravam em média 90 dias. Apesar da indicação cirúrgica, isto não era possível devido a um problema no fígado e as anemias profundas geradas pelos sangramentos. Com o sofrimento o medo da dor se misturava com a dor que também trazia outros medos, mais inseguranças.

Durante os meus dias e noites de dor, eu chorava clamando ao Senhor que me curasse ou que tirasse a minha dor naquele momento (nesta ocasião eu não podia tomar muitos medicamentos devido ao problema no fígado). Depois de muito tempo de choro, de oração e leitura da Palavra, eu comecei a compreender que meu Senhor não prometeu que eu não teria aflições neste mundo. Mas, Ele prometeu que estaria comigo. Assim, comecei a mudar meu clamor. A cada dia de dor, a cada choro, eu clamava: Meu Senhor, fica comigo!

Com o tempo, comecei a tomar posse da presença dEle em mim. Também, com a leitura da Palavra passei a conhecê-lo mais e a receber a Palavra da verdade em minha vida.

Como Estevão suportou as pedradas e ainda visualizou a glória de Deus? Como os cristãos lançados na arena cantavam louvores a Deus enquanto eram devorados pelos leões? Jesus, o Emanuel, o Deus Conosco estava com eles e está comigo e com você também.

Com o tempo, as dores passaram, e os sangramentos também. E o melhor de tudo: o espírito de medo foi substituído pelo espírito de poder declarado na palavra de 2 Tim. 1.7.

Como o Senhor tem me curado, Ele tem me usado para falar sobre Cura Interior. Em uma das minhas últimas ministrações, quando falava sobre temores, um rapaz colocou que tem medo de optar em fazer a vontade de Deus e ser infeliz.

Observe como o inimigo trabalha em nossas mentes. Nunca, de forma alguma, se vivermos dentro da vontade absoluta de Deus, nós seremos infelizes. Ele nos conhece profundamente e seus propósitos serão sempre em nos levar a medida da estatura de Cristo, a crentes perfeitos. E isto é simplesmente P E R F E I T O.

Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo. Efésios 4:13

Talvez você também esteja sendo atacado por temores durante toda a sua vida e não sabe como se livrar deles. Pode ser que você tenha medo de sentir dor, mas aquela dor da alma, da rejeição, do sofrimento.

Seja qual for o seu medo, é hora de vencê-lo. Seja qual for a sua dor, é hora de colocá-la para o Mestre.

Os crentes sofrem de medos por um dos motivos abaixo:

1º Por ignorar a sua posição em Cristo.

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; Efésios 1.3 E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Efésios 2.6

2º Por ignorar quem é Cristo.

Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior; Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, A esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém. Efésios 3.16-21

E mais toda a Palavra que testifica quem o nosso Cristo é.

3º Por não andar na Luz, nosso lugar seguro, nossa fortaleza: Jesus.

Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. I João 1.7 Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz. Efésios 5:8 Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz. Estas coisas disse Jesus e, retirando-se, escondeu-se deles. João 12:36 Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas. 1 Tessalonicenses 5:5

O QUE FAZER PARA NOS LIBERTARMOS DO MEDO:

1º Admitir o medo

2º Crer na Palavra de Deus

3º Orar rejeitando especificamente o medo.

4º Pedir uma palavra de Verdade.

Leia o Salmo 34. Nele o Salmista faz os passos acima. A Palavra de verdade que ele recebeu está nos versos 7 e 8.

O anjo do SENHOR acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. Provai, e vede que o SENHOR é bom; bem-aventurado o homem que nele confia.

Lembre-se: O Senhor é bom. Ele está com você. Ele é o seu porto seguro, e você será feliz se nEle se refugiar.

Esta é a sua posição em Cristo. Prossiga em conhecer o seu Senhor, ande na Luz e vença seus temores.

Em Cristo,

Liliana Viana

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s